KÉZIA DAMAZIO NEVES

Português, Brasil
Nome do Projeto: 
Centro Histórico de Salvador, Vivo e Plural: Subsídios Socioambientais para o alcance do desenvolvimento territorial sustentável
Resumo do trabalho: 
Este trabalho, com foco em estudos e propostas no âmbito socioambiental, faz parte de um conjunto de trabalhos desenvolvidos pela Equipe de Residentes do curso de Especialização em Assistência Técnica, Habitação e Direito à Cidade, UFBA, a partir da assistência prestada aos moradores do Casarão nº 18 (Ocupação MDMT), na Ladeira da Praça, Centro Histórico de Salvador, Bahia, Brasil, junto ao Movimento em Defesa da Moradia e do Trabalho (MDMT). A abordagem deste trabalho se volta para um dos temas centrais das cidades brasileiras e, sobretudo, da cidade de Salvador: a habitação vista a partir do direito à cidade, que corresponde, ao acesso a uma cidade socialmente justa, ambientalmente equilibrada, economicamente viável, capaz de possibilitar maior qualidade de vida para os seus habitantes. Assegurar este direito, ainda é uma tarefa bastante desafiadora para as esferas políticas e sociais, uma vez que as cidades brasileiras começam a enfrentar crescentes problemas urbanos, muitas vezes associados aos desequilíbrios ambientais, refletindo na economia, na saúde, no acesso a recursos básicos para a sobrevivência humana, como água, alimentos, energia, contribuindo para o aumento da pobreza e maiores crises sociais. Neste contexto, este trabalho tem o propósito em auxiliar no processo de planejamento urbano do Centro Histórico, tendo em vista a dimensão socioambiental, buscando gerar subsídios para o alcance de um território socialmente justo, inclusivo, seguro, resiliente e sustentável.
 
Palavras-chave: desenvolvimento territorial sustentável, Centro Histórico de Salvador, subsídios socioambientais.
Turma: 
Turma 2017-2018

Realização